sábado, 27 de setembro de 2008

Paul Newman


A última grande estrela do cinema americano já não está entre nós. Um gentleman. Este blog está triste.

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Um salto a Siem Reap

Se vai por acaso aproveitar os feriados para dar um salto a Angkor Wat (sortudo-astuto) então não pode deixar de ir beber um copo (beber um drink como dizem os pretensiosos) antes do jantar Grand Hotel d’Angkor. Se estiver um mãos largas desapegado, cometa uma loucura, atreva-se a jantar!

Parece que vivemos noutros tempos, noutros séculos… Espero que ainda lá esteja o mesmo pianista. Vale mesmo a pena! Dê um passeio pelo hotel e depois siga para a piscina. À cautela besunte-se de repelente.

Sem sair do hotel dê um salto à boutique Kemmer Attitude que, pertence a Romyda Keth, a melhor estilista do Cambodja e autora de distintos vestidos de casamento da nata bolhal…
Siem Reap é uma cidade deliciosa... As pessoas são simpáticas, as compras fantásticas e os monumentos e paisagens inesquecíveis.

Boas férias!

Votem: à direita do Blog

Oh queridos, então ninguém vota? Que antipáticos... Bem a verdade é que ultimamente também não me apetece postar por isso “siga para bingo”, como dizem os bingueiros (?!)...

Para hoje escolhi uma frase fantástica de Woody Allen. Eu que sou uma piquena ultra desarrumada, valem-me a Camélia (outrora criada, empregada, actualmente auxiliar doméstica), o Christian (chauffeur, actualmente motorista), o Harrison (sempre mordomo) sem mais rodeios e complexos, a dita criadagem.

É verdade que tenho sorte de ter quase sempre a vida muito organizada... Mas claro que a vida de bolha não é a vida do comum dos mortais, geralmente sem direito a staff doméstico.

Sem mais tagarelices aqui fica:

Interestingly, according to modern astronomers, space is finite. This is a very comforting thought-- particularly for people who can never remember where they have left things.

Ah, pois...

Uma sexta-feira recheada de bons momentos!

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Do meu tempo

Um sinal de envelhecimento é dizermos “esta música é do meu tempo”, como se o nosso tempo já tivesse passado…

Se calhar sou só eu mas já quase não reconheço as músicas que passam na rádio. Como adorava ver telediscos… Um programão de domingo à tarde para uma geração.

Esta música, do meu tempo, foi o primeiro single que comprei com o meu dinheiro. Estive um verão inteiro a ouvir “Luca” e mesmo assim não enjoei, há coisas que não mudam...

Decisão pós-tufão

À cautela e enquanto não sentir confiança num sistema de controlo e fiscalização da qualidade dos produtos, a partir de hoje este blog só se alimenta de produtos importados, produzidos e embalados, na Europa, Nova Zelândia e Austália...
O seguro morreu de velho!

terça-feira, 23 de setembro de 2008

Mais um tufão!

Desculpem mas volto já... Este ano Macau está na mira dos tufões. O Hagupit está à porta!

Amnésia de condução

Automobilistas, motociclistas, motoristas, ciclistas, condutores em geral, será que não se lembram que também são peões? Ai santa, respeitem as passagens para peões!

Art. 37.º da Lei do Trânsito Rodoviário - Procedimento dos condutores em relação aos peões
1. Ao aproximar-se de uma passagem para peões sinalizada, junto da qual o trânsito de veículos e de peões, ou só o primeiro, está regulado por sinalização luminosa ou por agente, o condutor deve, mesmo que autorizado a avançar, deixar passar os peões que já tenham iniciado o atravessamento da faixa de rodagem.
2. Ao aproximar-se de uma passagem para peões sinalizada, junto da qual o trânsito de veículos não é regulado por sinalização luminosa nem por agente, o condutor deve reduzir a velocidade e, se necessário, parar, a fim de deixar passar os peões que se encontrem a atravessar a faixa de rodagem.
3. Ao mudar de direcção, o condutor deve reduzir a velocidade e, se necessário, parar, a fim de deixar passar os peões que se encontrem a atravessar a faixa de rodagem à entrada da via que aquele condutor vai tomar, mesmo que não exista passagem para peões.
Art. 103.º da LTR - Não cedência de passagem a peões
1. Quem infringir o disposto no artigo 37.° é punido com pena de multa de 600,00 a 2 500,00 patacas.
2. A reincidência é punida com pena de multa de 1 200,00 a 5 000,00 patacas e inibição de condução pelo período de 2 a 6 meses.

Dança da chuva

GOD, está uma caloraça! Parece que estamos todos a viver no inferno… Quando a temperatura sobe assim ou vai haver tufão (é o caso de hoje), ou então uma daquelas chuvadas diluvianas ditas tropicais mas que mais parecem o fim do mundo!

Ontem a minha aula de ténis foi um sufoco, sentia-me dentro de uma bolha de ar, na lua, em câmara lenta. É muito difícil ser-se desportista e cheia de compostura com este clima, é que uma piquena, veste-se a rigor, penteia-se feita tenista, joga mais que bem mas depois acaba por transpirar feita um deprimente couchon na altura em que está a ser assado… Não dá, é supér inestético!

Por isso só vos digo, oxalá que chova para ver se baixa a temperatura! Ninguém consegue andar com 38 graus e 60% de humidade… Poupem-me! Acho que vou ali num instantinho ao jardim de S. Francisco fazer dança tribal dos índios para a chuva, acompanhada por magotes de libelinhas* desorientadas!

Até logo!

*O voo de muitas libelinhas pronúncia chuva. Não me digam que nunca repararam?!

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Praia Grande

(George Smirnoff, Praia Grande, Macau 1863)
( Gravura, autor desconhecido )
A Baía da Praia Grande já foi assim... Moradias baixinhas, com 3 andares no máximo, portões de ferro, pequenos jardins, grandes árvores de fruta, janelões invariavelmente abertos para o ar circular pelas casas. Os criados viviam no andar de baixo e os proprietários no andar de cima.

Na Praia Grande dos dias de hoje ainda se consegue vislumbrar parte do Macau antigo e endinheirado. Nessa zona de moradias apalaçadas viviam as famílias abastadas… Sigam lá este percurso: o nº 83 (casa da Família Kou), a Escola Ricci, e a Casa Jardines… Bons passeios!

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Parlez vous...

PARLEZ-VOUS OPI, é a inovação de Outono para as nossas simpáticas e bonitas unhas... Eu que nem gosto de roxo até vibro com esta cor de verniz que faz lembrar as tonalidades do Outono.
Uma fashion victim, credo... Combina na perfeição com tons castanhos e cinzentos e como dizem os populares "ólheee cái que nem ginjas!"
Arrojada q.b. e sem a mais pálida desculpa para estar démodé, eu avisei...
Boa sexta-feira!

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Lovesong

Abstraindo-me da imagem punk e jurássica, o que interessa é mesmo a mensagem!
Basicamente um "gosto de ti todos os dias" e, todos os dias (embora correndo o sério risco de o nosso mundo rebentar) um bocadinho mais...

Dias que passam a correr

Whenever I'm alone with you
You make me feel like I am home again
Whenever I'm alone with you
You make me feel like I am whole again
Whenever I'm alone with you
You make me feel like I am young again
Whenever I'm alone with you
You make me feel like I am fun again

terça-feira, 16 de setembro de 2008

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Bolo Lunar


Sabia que a receita original do bolo lunar (bolos que se comem no feriado da lua) foi criada há mais de dois mil anos?

O Bolo Lunar nasceu de um pastel chinês tradicional chamado “Tai Si”. Antigamente, era usado como uma oferenda ao deus da Lua durante as festividades que se realizavam a meio do Outono. Na dinastia Tang, também era uma sobremesa comida pela corte do palácio e tinha o nome de “Bolo Wu”, porque as nozes eram o seu ingrediente principal.

Reza a lenda que a designação não agradava ao Imperador Xuanzong que pediu sugestões aos seus companheiros do palácio. Enquanto estava a observar a lua, brilhante e redonda, as palavras “Bolo Lunar” escaparam-se entre os lábios da princesa Ya Guifei. A partir daí, este termo popularizou-se e ainda hoje continua a ser usado.

O bolo que nesta altura do calendário se multiplica pelas lojas de Macau, teve um papel na história de uma revolução durante a dinastia Yang (1200 a.C. – 1368 a.C.). Os mongóis, que se tinham estabelecido desde a dinastia Yuan tornaram-se demasiado opressivos. O povo chinês aproveitou-se do facto da comunidade invasora não possuir a tradição de comer bolos lunares e congeminou uma revolta. Os líderes do plano distribuíram estes pastéis enquanto se celebrava a longevidade do imperador. Contudo, no seu interior, os bolos tinham mensagens secretas a convocar a população para um golpe político no décimo quinto dia da oitava lua, data em que se assinala o festival do Bolo Lunar. A rebelião realizou-se com sucesso e os bolos lunares passaram a ser uma tradição nacional da China.

Podem ler mais aqui. Até logo!

Moda Retro

Meninas, depois de folhear algumas revistas da especialidade digo-vos que o estilo retro está na moda!

Se já está a pensar no Inverno (por aqui faltam 3 meses por isso temos imenso tempo) toca a ir comprar as seguintes calças:
Oversized - confortáveis e largueironas sem perder a elegância. O segredo é equilibra-las com partes de cima mais justas e femininas…
Pantalona: de cintura alta e pernas amplas.
Pantacourt: tipo bermudas, calças à pirata, curtas e soltas. Use com meias-calças no mesmo tom e garanta uma silhueta esguia.
Afunilada:a combinação boca estreita e cavalo baixo dá o charme na peça. Vai bem com sapatos masculinos em festas modernas. Para noites de glamour, use salto. A mim pessoalmente desfavorecem-me.
Boca-de-sino: as minhas preferidas, use sempre com saltos.
Claro que tem que ter em consideração o que lhe fica bem e o que acha confortável. Ser-se 100%vítima da moda pode tornar-nos piquenas um tanto ou quanto rediculas... Para a Primavera/Verão do ano que vem, o estilo é o revivalista hippie chique 60/70 (para mim a melhor época da moda, oba oba, adoro, vibro, sem exageros amo de verdade).
Inspire-se na Diane Von Furstenberg (que por sinal até é princesa) antes de ir à compras... Veja lá se estes os vestidos românticos, curtos, compridos, ultra peace and love não são mesmo o máximo?

Boas compras!

terça-feira, 9 de setembro de 2008

Ai Róóónaldo essa conselheira!

Caro Cristiano Róóónaldo*
Está na altura de despedir a sua conselheira de imagem!
Pode acreditar que sou uma bolha que só quer o seu bem... Os calções justo, brilhantes subidos já são um tremendo erro mas as tenebrosas sobrancelhas finas e depiladas… Ai sofro, tenham dó de mim! Más de mais...
É que o piqueno apesar de ser um grande jogador ainda não perecebeu que, mais vale ter um ar de barraquedo xunga do que ficar com o olhar da Nicole Kidman, como toda a gente sabe tem as sobrancelhas mais pindéricas da história do cinema…
De fugir, o ar efeminado e piroso… Temos que reconhecer que o patusco do Róóónaldo pode ter tudo (especialmente lingotes de ouro e diamantes) mas classe e glamour não são realmente o seu forte. Pelo amor de Deus alguém o avise que a provinciana da conselheira de moda está a levá-lo directamente para o abismo...
Despeça-a sem mais!
BM
*como diz o povo que acentua vogais em praticamente tudo o que é palavra

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Zaia

Se é de cá, vem cá de férias ou está por cá, não deixe passar a oportunidade única de ver o espectáculo do Cirque du Soleil-Zaia.
Dizem que é permanente mas nunca se sabe se não acabam por converter a mega sala de espectáculos numa ala lucrativa de slot machines… Vá despachem-se a ir ver, é fantástico e vale mesmo a pena! Eu adorei…

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Frase da semana

"Os Homens são um diabo, não há mulher que o negue, mas todas elas procuram um diabo que as carregue."

Eleições norte americanas

Não sou de todo aficionada por política mas depois de ouvir o discurso de Sarah Palin na convenção republicana passei a ter uma maior simpatia por Barack Obama…Alguém me explica a necessidade de tamanha exposição dos filhos menores dos candidatos? Ninguém estranha, é simplesmente inacreditável! E o circo continua...
Boa sexta-feira!

quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Se me ponho a cismar em outras eras
Em que ri e cantei, em que era querida,
Parece-me que foi noutras esferas,
Parece-me que foi numa outra vida...

E a minha triste boca dolorida,
Que dantes tinha o rir das primaveras,
Esbate as linhas graves e severas
E cai num abandono de esquecida!

E fico, pensativa, olhando o vago...
Toma a brandura plácida dum lago
O meu rosto de monja de marfim...

E as lágrimas que choro, branca e calma,
Ninguém as vê brotar dentro da alma!
Ninguém as vê cair dentro de mim!

Lágrimas ocultas de Florbela Espanca

Quanto mais conheço a obra mais a admiro, deve ter sido incrivelmente sofredora para conseguir escrever com tanta intensidade...
Boas leituras!

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Isto não é Itália


Os médicos italianos estão de tal forma contra a falta de rigor clínico nos guiões das séries de televisão de grande êxito como «Dr.House», «Grey's Anatomy» e «ER» que, pediram o fim da sua transmissão.

Segundo a agência EuropaPress, os médicos consideram que aqueles programas reflectem mal as práticas médicas, exigindo por isso aos canais de televisão italianos que se abstenham de os transmitir. Isto porque as séries «estão a ensinar aos espectadores formas inexactas de aplicar medicina, desinformando a população», além de estarem «repletas de erros médicos e detalhes equivocados»...

Ai Santinha, estou para ver quando as associações de bancos, advogados, jornalistas, fugitivos da cadeia (quantas críticas terão os irmãos Lincoln e Michael Burrows?), casinos, assaltantes, etc, se insurgirem contra as séries que retratam de forma errada o desempenho das suas "profissões"... Vai ser de gargalhada!

Mas dizia eu: Ainda bem que isto não e Itália ou o querido Gregory House podia deixar de aparecer no ecrã... É minha impressão ou tem um piadão?! Estou viciada...

Uma ida à praia

Nos dias de sol de Inverno o Bolhão e eu adoramos dar passeios e fazer piqueniques na praia… Geralmente vamos à praia de Hac Sá pois tem um areal comprido e está sempre deserta. Chegando ao Verão não pomos os pés na praia pois o maralhal é mais que muito…

Este fim-de-semana em Hk (adorei a surpresa) para ser diferente não fomos às compras e passámos uma maravilhosa tarde na praia “big wave bay”, em chinês tai long wan (大浪灣), em Sai Kung. Só vos digo que a água é transparente, fria e com areia branca, tal e qual como nas praias das ilhas perto de Macau que, infelizmente só são acessíveis de barco.
Digo-vos, valeu mesmo a pena! Estou francamente inclinada a aproveitar o Inverno para dar grandes passeios ao ar livre em HK…
Boas caminhadas!

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Rico homem o bolhão

Se fosse o meu Bolhão vendia-me em Pushkar... Credo, isola, bate na madeira, brincadeirinha, o menino livre-se!!!
Não sei se é por ter caracois sedosos de um loiro bonito platinado, ser branca cor-de-marfim, pestanuda, alta, eguia e muito obediente*, certo é que no mercado cameleiro valho 42 camelos e 7 cabras... Estou inflaccionada!
Vão ver quanto valem e depois digam qualquer coisa... Um pagode de risota!
*enumerei unicamente qualidades que contam para o ranking dos camelos, se assim não fosse tenho sérias dúvidas que conseguisse acabar o post hoje...

Perfect

Hoje acordei a cantarolar esta música... Super demodé bem sei mas aqui a je também é cota, portanto compreende-se!
Só vos digo que o fim-de-semana foi aqui ao lado e fantástico! Com direito a praia e tudo. O que é preciso é imaginação e muitos passeios.
Até logo e boas cantorias!